"As autoridades competentes mantêm-se atentas e em articulação na resolução desta situação", asseguram no documento conjunto.