Portugal desceu de sexto para 11.º país da União Europeia com maior média diária de casos de infeção por SARS-CoV-2 por milhão de habitantes na última semana, segundo o 'site' estatístico Our World in Data.

Portugal está com uma média de 170 novos contágios diários, enquanto Chipre está no topo da lista, com 284, seguido da Estónia (263), Eslovénia (260), Lituânia (257), Grécia (256), Bulgária (216), Irlanda (202), França (198), Bélgica (173) e Áustria (172).

No espaço europeu, apesar de não ser membro da UE, o Reino Unido apresenta de longe a média diária mais alta, com 518 novos casos por milhão de habitantes nos últimos sete dias.

A média europeia para este indicador situa-se em 127 - uma redução em relação aos 142 da semana passada -, enquanto a média mundial está em 77, descendo dos 82 da passada segunda-feira.

Os números mais baixos de novos casos diários continuam a encontrar-se a leste com uma média diária por milhão de habitantes de oito casos na Polónia, 19 na Hungria, 22 na República Checa e 35 na Eslováquia.

No resto do mundo, entre os países com mais de um milhão de habitantes, Israel e Mongólia têm a mesma média diária de novos casos de 1.070, seguidos da Geórgia (779), Kosovo (702) e Cuba (621).

Quanto à média de mortes diárias atribuídas à covid-19 por milhão de habitantes nos últimos sete dias, Portugal desce do sétimo para 11.º lugar na lista dos países da UE, com 1,08 neste indicador.

A Bulgária, com média de 7,9 mortes por dia, é o país em pior situação neste indicador, seguindo-se Grécia (4,2), Lituânia (3,6), Chipre (2,5), Espanha (2,4), e França (1,6).

A média de novas mortes diárias atribuídas à covid-19 por milhão de habitantes na União Europeia mantém-se em 1,1, enquanto no mundo se situa em 1,2.

A nível mundial, pior no indicador de média diária de mortes por milhão de habitantes estão a Malásia (9,2), Sri Lanka (09), Cazaquistão (8,1), Bulgária, Cuba e Irão (07) e Jamaica (5,5).

A covid-19 provocou pelo menos 4.565.622 mortes em todo o mundo, entre mais de 220,65 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 17.798 pessoas e foram contabilizados 1.047.047 casos de infeção confirmados, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil ou Peru.

/ RL