Uma busca na prisão de Paços de Ferreira, na segunda-feira, culminou com a apreensão de vários telemóveis, seringas e objetos eletrónicos. A busca, segundo uma nota enviada às redações pela Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP), iniciou-se após o encerramento geral da cadeia. 

A operação de combate à entrada de produtos ilícitos nas prisões envolveu mais de 50 operacionais da DGRSP. Ao fim de quatro horas "foram apreendidos 18 telemóveis, seis seringas, uma arma branca de fabrico artesanal, 2 gramas de estupefaciente, um recipiente com fruta fermentada e PlayStation e televisões com o selo violado".

Não se registaram incidentes e os reclusos apanhados com objetos ilícitos serão advertidos", lê-se no comunicado. 

Esta é a segunda busca no espaço de duas semanas que deteta objetos ilícitos no interior da cadeia. A última busca resultou na apreensão de 79 telemóveis (proibidos em ambiente prisional), 20 ampolas de anabolizantes, oito seringas, uma balança de precisão, um passaporte, dois pares de luvas de luta.