Estão infetados com covid-19 13 dos 110 militares do contigente português que partiu esta madrugada rumo à República Centro-Africana. 

Apesar de assintomáticos, os 13 militares ficaram em terra, estando agora a ser avaliada a sua situação. De acordo com o exército, desde o dia 20 de outubro que todo o grupo cumpria isolamento no regimento de infantaria n.º 10 em São Jacinto, Aveiro.

Foram todos testados para a covid-19, com 13 resultados positivos.

Os restantes 97 militares partiram na madrugada desta terça-feira do aeroporto de Figo Maduro, juntando-se aos restantes 70 que já se encontram na República Centro-Africana desde 8 de outubro.

Estes militares integram a oitava força nacional destacada para a Missão Multidimensional Integrada das Nações Unidas para a Estabilização da República Centro-Africana (MINUSCA).

Redação