As taxas de ocupação em enfermaria e unidade de cuidados intensivos para doentes covid-19 na região Centro estão acima dos 90%, disse hoje à agência Lusa fonte da Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC).

Segundo a ARSC, as enfermarias dos hospitais da região estão com uma taxa de ocupação de 93%, idêntica a segunda-feira, e as unidades de cuidados intensivos passaram de 89 para 91%.

Às 23:59 de segunda-feira, estavam internadas 1.074 pessoas em enfermaria e 117 em unidades de cuidados intensivos, dos quais 81 ventilados.

Atualmente, existem 1.160 camas ativas de enfermaria para covid-19 e 129 de unidades de cuidados intensivos.

Na segunda-feira, a região Centro registou 36 óbitos em meio hospitalar, 143 novas admissões de doentes, duas altas médicas de unidades de cuidados intensivos e 82 altas de enfermarias.

Ainda durante o dia de segunda-feira foram abertas 37 novas camas em enfermaria para doentes da covid-19.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.031.048 mortos resultantes de mais de 94,9 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 9.028 pessoas dos 556.503 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

/ JGR