Um teste à covid-19 arruinou as férias de uma família portuguesa na Grécia. Eram vários os planos que Brenda e Jaime, de 45 e 38 anos respetivamente, tinham com os filhos Tomás e Diogo, de 11 e sete anos, para os dias de descanso. No entanto, acabaram por ser separados em dois quartos de hotel.

A família Reis foi do Porto a Atenas, para passar dez dias de férias, até que no aeroporto grego as más notícias chegaram. Jaime testou positivo através de um teste rápido e toda a família entrou imediatamente em isolamento. E assim permanecem desde o dia 31 de julho.

Separada por um teste à covid-19, a família Reis continua sem saber o resultado de um teste PCR feito a Jaime ainda no aeroporto e por isso decidiu recorrer a um laboratório independente. O teste PCR feito por esse laboratório deu negativo. 

Esta família levanta várias questões que continuam sem resposta por parte das autoridades de saúde gregas, mas também por parte da Embaixada de Portugal em Atenas.

A única certeza que Brenda, Jaime, Tomás e Diogo têm é que as férias de sonho no mediterrâneo transformaram-se num pesadelo.

Diogo Assunção