Portugal regista, esta segunda-feira, mais 11 mortos e 1.135 infetados por covid-19, segundo o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral de Saúde (DGS).

Segundo o documento, verificou um aumento do número de internamentos em enfermaria e uma redução nos cuidados intensivos.

Estão hoje internadas 768 pessoas com covid-19, mais 24 do que no domingo. 154 pessoas em cuidados intensivos, menos três que nas últimas 24 horas.

A área de Lisboa e Vale do Tejo com 411 casos e a região Norte com 376 têm 69,3% do total das novas infeções verificadas nas últimas 24 horas.

As mortes ocorreram na região de Lisboa e Vale do Tejo (4), na região Norte (1) na região Centro (2), Alentejo (2) e no Algarve (2).

Relativamente às idades das vítimas mortais, o boletim revela que oito tinham mais de 80 anos, uma entre os 70 e os 79 anos e duas entre os 60 e os 69.

A matriz de risco, atualizada esta segunda-feira, dá conta de uma nova descida da incidência da covid-19 por 100 mil habitantes, quer no território nacional quer no Continente. É agora de 314,5 casos em Portugal e 318,8 no Continente. Já o índice de transmissibilidade, o R(t), sofreu nova subida ligeira, sendo agora de 0,96 na globalidade do território nacional.

Cerca de 1.184 pessoas recuperaram nas últimas 24 horas.