A GNR revelou este dominho que encerrou na última madrugada em Vizela, no distrito de Braga, um espaço de diversão noturna onde estavam reunidas duas centenas de pessoas a violar as normas relativas à pandemia da covid-19.

Em comunicado, o Comando Territorial de Braga da GNR descreve que o estabelecimento que foi encerrado “funcionava em violação do horário legalmente estabelecido”.

De acordo com esta força de segurança militar, a operação de fiscalização levada a cabo na última madrugada tinha como objetivo zelar pelo cumprimento das normas referentes à pandemia do novo coronavírus, tendo resultado “no encerramento de um estabelecimento de diversão noturna (…) que reunia cerca de 200 pessoas”, lê-se na nota.

“Da ação resultou ainda a elaboração de um auto de contraordenação por incumprimento do dever de uso de máscara ou viseira”, refere a GNR de Braga que remeteu a ocorrência ao Tribunal Judicial de Guimarães.

Portugal contabiliza pelo menos 1.995 mortos associados à covid-19 em 78.247 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

A pandemia já provocou mais de um milhão de mortos e mais de 34,6 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

/ AM