Os principais hospitais da margem Sul do Tejo, Garcia de Orta, em Almada, e São Bernardo, em Setúbal, voltaram esta quinta-feira a apresentar um registo diário com centenas de doentes covid-19 internados em enfermaria e algumas dezenas nos cuidados intensivos.

Os dois hospitais juntos somam hoje um total de 461 doentes internados com covid-19, 49 dos quais em cuidados intensivos.

De acordo com os dados divulgados pelo hospital de São Bernardo, que no passado mês de janeiro acionou pela primeira vez o nível vermelho do seu plano de contingência, o registo diário desta quinta-feira dá conta de um total de 205 doentes infetados com o vírus SARS-CoV-2, dos quais 187 estão internados em enfermaria e 18 em cuidados intensivos.

No Hospital Garcia de Orta, em Almada, que, até agora, não precisou de declarar o nível máximo do plano de contingência, o número de doentes covid-19 continua, no entanto, muito elevado, com um total de 256 internados, 210 dos quais 

. / MJC