Portugal regista, esta sexta-feira, mais nove mortos e 2507 novos casos, nas últimas 24 horas, de acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral de Saúde (DGS).

Das nove vítimas mortais, cinco aconteceram na região de Lisboa e Vale do Tejo, três na região Centro e uma no Algarve. Relativamente às idades das vítimas mortais, o boletim regista que cinco tinham mais de 80 anos, três entre 70 e 79 anos e uma entre 50 e os 59 anos.

Já em relação ao número de novos casos, a área de Lisboa e Vale do Tejo, registou 838 casos e a região Norte, 948. Juntas têm 71,2% do total das novas infeções verificadas nas últimas 24 horas.

Esta sexta-feira, 2391 pessoas foram consideradas recuperadas da doença.

Registou-se ainda uma redução dos internamentos (687 pessoas), mas uma subida do número de doentes nos cuidados intensivos (143).

Quanto à incidência, a nível nacional, o valor baixou para 312,3 casos de infeção por SARS CoV 2/ COVID 19 por 100 000 habitantes. Em relação a Portugal continental, o valor também desceu para 316,6 casos por 100 000 habitantes. Já o R(t) manteve-se pelos 0,98 tanto a nível nacional, como no continente.

Sobre a caracterização etária dos novos casos de infeção confirmados, é nos jovens entre os 20 e os 29 anos (homens e mulheres) que se registaram mais casos, com mais 704 infetados nas últimas 24 horas.

Seguem-se as faixas etárias entre os 10 e os 19 anos (514 novos casos) e entre os 30 e os 39 anos (342 novos casos).

Os dados divulgados pela DGS mostram também que há mais 107 casos ativos, totalizando 44.916, e que 2.391 pessoas foram dadas como recuperados nas últimas 24 horas, o que aumenta o total nacional para 952.094 recuperados.

536_DGS_boletim_20210820 by Patrícia Pires on Scribd

Patrícia Pires / (atualizado às 14:40)