Portugal registou esta quarta-feira mais 82 mortes - o número mais elevado de sempre - e 4.935 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, de acordo com o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS).

A região Norte continua a concentrar o maior número de casos e, só nas últimas 24 horas, surgiram 2.845 novas infeções.

Na região Centro foram registados mais 743 casos, em Lisboa e Vale do Tejo mais 1.185, no Alentejo mais 44 e na região do Algarve mais 80.

Norte com mais mortes nas últimas 24 horas

A região Norte continua a ser a que regista a maioria dos novos casos: 2.845 nas últimas 24 horas, com um total de 94.057, e soma 1.414 mortos, desde o início da pandemia.

Na região de Lisboa e Vale do Tejo foram notificados mais 1.185 novos casos de infeção, contabilizando-se agora 71.936 casos e 1.181 mortes.

Na região Centro registaram-se mais 743 casos de infeção, contabilizando 17.759 casos no total e 389 mortos.

No Alentejo foram registados mais 44 novas infeções, totalizando 3.685 casos e 71 mortos.

A região do Algarve tem hoje notificados mais 80 casos de infeção, somando agora 3.638 casos e 31 mortos.

Na Região Autónoma dos Açores foram registados 21 novos casos nas últimas 24 horas, somando 513 infeções detetadas e 15 mortos desde o início da pandemia.

A Madeira registou mais 17 casos nas últimas 24 horas, contabilizando 584 infeções e duas mortes.

Número de internados volta a disparar

O número de pessoas hospitalizadas e em unidades de cuidados intensivos também registou novos máximos. Há mais 43 pessoas internadas, para um total de 2.785. Só nos cuidados intensivos estão 391 pessoas, mais nove do que ontem.

O boletim da situação epidemiológica da DGS indica que desde o início da pandemia, em março, já morreram com covid-19 3.103 pessoas e já foram infetadas 192.172, estando ativos 78.716 casos, mais 1.378 do que na terça-feira.

Boletim DGS by TVI24 on Scribd

Lara Ferin