Três hospitais do Grande Porto vão receber esta quarta-feira quatro doentes com covid-19 de Lisboa e Vale do Tejo para cuidados intensivos, que vão ser transportados de avião e em ambulância do INEM, revelaram à Lusa fontes hospitalares.

O Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho (CHVNG/E) aguarda a chegada de dois doentes, um do Hospital Professor Doutor Fernando da Fonseca, na zona de Amadora/Sintra, e um segundo do Beatriz Ângelo, de Loures.

O Hospital de São João, no Porto, vai acolher um doente do Amadora/Sintra, enquanto o Hospital Pedro Hispano, no concelho de Matosinhos, recebe um doente do Hospital Beatriz Ângelo.

O transporte dos doentes está a ser feito de avião, a partir do aeroporto militar Figo Maduro, localizado em Lisboa, até ao Francisco Sá Carneiro, no Porto.

Quando chegarem ao Porto, os doentes serão transportados por ambulâncias do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) até aos hospitais.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.341.496 mortos no mundo, resultantes de mais de 106,8 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 14.718 pessoas dos 774.889 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

/ JGR