O Governo anunciou esta quinta-feira, no âmbito do combate à pandemia, prolongar a situação de calamidade em território nacional até 13 de junho.

Esta decisão de renovar a situação de calamidade, que se aplica a todo o território continental de Portugal, foi anunciada por Mariana Vieira da Silva no final da reunião do Conselho de Ministros.

Recorde-se que a situação de calamidade entrou em vigor em 1 de maio e foi renovada há duas semanas até às 23:59 horas deste domingo.

O novo período de situação de calamidade estará em vigor até às 23:59 do dia 13 de junho. 

A situação de calamidade é o nível de resposta a situações de catástrofe mais alto previsto na Lei de Base da Proteção Civil, depois da situação de alerta e de contingência.

De acordo com os dados mais recentes da Direção-Geral da Saúde, já foram contabilizados 847.006 casos de covid-19 no país e 17.022 óbitos desde o início da pandemia.

Após a reunião do Conselho de Ministros, a ministra anunciou ainda quais são os concelhos que recuam e avançam no desconfinamento.

Lara Ferin