Portugal regista este sábado mais 6.602 casos de covid-19 e 55 mortes nas últimas 24 horas, revela o relatório de situação divulgado pela Direção-Geral da Saúde.

No total, o país regista agora 85 444 casos de covid-19 e um total de 3.305 óbitos. 

O maior número de novos casos diários de infeção com o SARS-Cov-2 foi registado na sexta-feira, com 6.653 casos.

 

No que diz respeito ao número de internamentos, há menos um doente internado em enfermaria, 2.798 no total, e mais 25 em cuidados intensivos, 413 ao todo.  Nunca houve tantos doentes internados em cuidados intensivos desde o início da pandemia. 

Quanto ao número de doentes recuperados, subiu para 122.517, mais 5.135 do que no dia anterior.

Segundo o boletim, a região Norte regista o maior número de infeções e de mortos nas últimas 24 horas, seguindo-se a região de Lisboa e Vale do Tejo.

Os mais recentes dados indicam que 62,9 por cento dos novos casos foram contabilizados na região Norte, onde também se registou mais de metade das vítimas mortais (28) das últimas 24 horas.

Em Lisboa e Vale do Tejo, verificaram-se 1.563 novos casos e 17 mortos.

Os restantes dez óbitos aconteceram na região Centro (8), com mais 715 casos, e no Alentejo (2), com mais 52 casos.

O Algarve não registou mortes associadas à covid-19 entre os 52 novos casos reportados.

Nas regiões autónomas de Madeira (mais cinco casos) e Açores (mais 18 casos), também não se registaram vítimas mortais nas últimas 24 horas.

Relativamente aos internamentos hospitalares, o boletim epidemiológico revela que estão internadas 2.798 pessoas (menos uma do que na sexta-feira), das quais 413 em cuidados intensivos (mais 25 doentes).

A DGS refere também que as autoridades de saúde têm em vigilância 91.936 contactos, mais 1.511 em relação a sexta-feira, e que foram dados como recuperados, nas últimas 24 horas, mais 5.135 doentes, num total de 122.517 desde o início da pandemia, em março.

Os casos confirmados distribuem-se por todas as faixas etárias, com o maior número de infeções entre os 20 e os 59 anos.

O novo coronavírus já infetou em Portugal pelo menos 95.632 homens e 115.634 mulheres. Entre as vítimas mortais estão 1.685 homens e 1.620 mulheres.

O maior número de óbitos continua a concentrar-se nas pessoas com mais de 80 anos.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.305.039 mortos resultantes de mais de 53,4 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Bárbara Cruz / Com Lusa