O Papa defendeu hoje no Vaticano a reforma da Igreja exortando a Cúria Romana a abandonar a "lógica do conflito" e as fações entre o progressismo e o tradicionalismo, convidando os seus membros a renovarem-se.

Francisco reuniu os seus cardeais, bispos e prelados do Vaticano para sua saudação anual de Natal no Salão Clementino do Palácio Apostólico.

Este ano, Francisco disse que os conflitos na igreja entre progressistas e tradicionalistas, apenas ferem a igreja e distorcem sua verdadeira natureza.

Por isso, seria bom pararmos de viver em conflito e sentirmos mais uma vez que estamos caminhando juntos”, disse Francisco.

No encontro, o Papa enfatizou que "crise" não é o mesmo que "conflito", considerando que as crises na igreja oferecem uma oportunidade de renovação enquanto os conflitos são apenas "um desperdício de energia e ocasião para o mal".

“O primeiro mal a que o conflito nos leva, e que devemos tentar evitar, é a fofoca, a tagarelice, que nos aprisiona num estado de auto-absorção desagradável, triste e sufocante”, disse.

Como o resto do mundo, o ano de 2020 do Vaticano foi marcado por um bloqueio que paralisou o Papa que viajava pelo mundo, cancelou as suas reuniões semanais com os fiéis e fechou os Museus do Vaticano, a principal fonte de receita da Santa Sé.

Esses reveses pastorais e financeiros foram agravados por um escândalo sobre o investimento de 350 milhões de euros da Santa Sé num empreendimento imobiliário em Londres que agora é objeto de uma investigação de corrupção.

O escândalo expôs guerras territoriais divisórias dentro da hierarquia e levou à queda de um cardeal, entre outras vítimas.

Francisco pediu que a Igreja não fosse julgada pelas crises do passado ou do presente.

"Se um certo realismo nos leva a ver nossa história recente apenas como uma série de percalços, escândalos e falhas, pecados e contradições, curto-circuitos e retrocessos no nosso testemunho, não devemos temer', disse.

Em vez disso, defendeu, essas crises exigem uma abertura para mudar e discernir um caminho a seguir.

/ BC