«Liguei para a Câmara e disseram-me que não podiam fazer nada. Liguei para a cantina a pedir por favor para lhe darem de comer, que pagava mais, se fosse preciso. Disseram-me que não podiam abrir exceções».



«Só chorava, porque lhe disseram: vais ficar sem almoço, porque a tua mãe não fez a marcação. Fartou-se de vomitar (…) O que fizeram ao meu filho é desumano! Não darem de comer a uma criança de sete anos porque os pais esqueceram-se de tirar a senha?»