A GNR de Penafiel identificou esta sexta-feira uma mulher de 58 anos, empregada de limpeza, suspeita de furto de joias em residência de Paredes, anunciou a autoridade policial.

Os militares identificaram a suspeita, empregada de limpeza da moradia alvo de furto, estando esta na posse de uma gargantilha, uma pulseira e dois anéis, no valor aproximado de 5.000 euros", lê-se num comunicado.

No âmbito da investigação, apurou-se que, desde 2015, a suspeita terá furtado artigos em ouro, no valor de 20.000 euros, que posteriormente vendia numa loja de compra e venda de ouro, em Paredes.

As peças foram recuperadas e entregues à legítima proprietária, assinala a GNR.