Paulo Guichard, antigo braço direito de João Rendeiro e condenado a nove anos e meio de prisão no caso BPP, informou esta segunda-feira o tribunal de que se apresentará à justiça esta semana - entregando o passaporte e esperando ficar, apenas, sujeito à proibição de voltar a sair do país até ao trânsito em julgado da sentença.

Guichard avança que entregará o passaporte no tribunal antes de sexta-feira, às 14:00, hora imposta pela juíza.

Recorde-se que as autoridades acreditam que João Rendeiro poderá ser detido a qualquer momento, na sequência da emissão do segundo mandado de detenção internacional.

O ex-banqueiro entrou na lista dos fugitivos à justiça e está a ser procurado em todo o mundo e, agora, à Polícia Judiciária junta-se a Interpol e a Europol.

Henrique Machado