Foi um fenómeno atípico e que assustou os banhistas das praias do Meco no passado fim de semana: centenas de peixes mortos deram à costa entre as praias da Lagoa de Albufeira e do Meco, em Sesimbra.

Nas redes sociais, vários banhistas partilharam vídeos e fotografias o misterioso caso. Nas imagens veem-se centenas de peixes mortos no areal, a maioria cavalas, mas também outras espécies.

À TVI, o Comandante Local da Polícia Marítima, Paulo Alcobia Portugal, explicou que esta terá sido uma "conjuntura de bom tempo favorável a uma pesca excessiva". 

Ora, de acordo com o comandante, este excesso de captura de cavala fez extravasar a capacidade das embarcações. Também o cardume, que já estaria moribundo por causa das redes de pesca, foi alvo de gaivotas e os restos mortais acabaram por dar à costa.

A Polícia Marítima esclareceu ainda que não foi possível apurar qual a embarcação responsável. 

A Proteção Civil já procedeu à limpeza do areal, mas, em algumas praias não vigiadas, a limpeza será feita "de forma natural".

Rafaela Laja