Em comunicado, o IAVE lamenta, citando dados provisórios e sem mencionar quantos estudantes acorreram ao teste, que "cerca de cinco por cento dos alunos que compareceram à prova não a tivessem realizado, por motivo de greve".