«Claro que todas as pessoas têm um preço, mas 500 contos acho ridículo. Só se fosse para o aquecimento»





António Perdigão da Silva, árbitro auxiliar





«Não tirou nada mas também não deu nada».



Antero Henrique, director-geral da F.C. do Porto SAD





Pôncio Monteiro

a pedido da defesa de Pinto da Costa o tribunal dispensou a audição da testemunha Ana Maria Salgado.

Carolina Salgado e os três peritos do jogo