O Procurador-Geral da República, Pinto Monteiro, prefere não fazer comentários, por agora, sobre o caso das escutas e do alegado envolvimento do Governo no negócio da possibilidade de compra da TVI pela PT. Mas Pinto Monteiro promete falar sobre o assunto «um dia destes».

Na última sexta-feira, o semanário «Sol» revelou excertos de escutas entre Armando Vara e Paulo Penedos, onde se falava de um suposto plano do Governo e de Sócrates para controlar a TVI.
Redação / MM