Um homem de 27 anos, suspeito da prática de dois crimes de homicídio qualificado na zona de Mira D'Aire, Porto de Mós, em 2015, foi detido no Parque das Nações, em Lisboa, disse a Polícia Judiciária de Leiria.

Em comunicado, a PJ informa que, através do Departamento de Investigação Criminal de Leiria, localizou e deteve no Parque das Nações, em Lisboa, um estudante, fortemente indiciado pela prática de dois crimes de homicídio qualificado, nas formas consumada e tentada, bem como de roubo agravado.

Fonte da PJ acrescentou à agência Lusa que o homem foi localizado na semana passada, depois de outro suspeito já ter sido detido em Paris, em julho.

O detido foi presente às autoridades judiciárias competentes, sendo-lhe aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Em julho, o outro suspeito dos mesmos crimes, um homem de 28 anos, foi detido em Paris, numa ação conjunta das autoridades portuguesas e francesas.

O homem, "sem ocupação laboral definida", está também "fortemente indiciado pela prática de dois crimes de homicídio qualificado, nas formas consumada e tentada, bem como de roubo agravado".

A detenção do suspeito, que se encontra em prisão preventiva, ocorreu no decurso de uma ação "desenvolvida em estreita articulação" com o Office Central de Lutte contre le Crime Organisé/Direction Centrale de la Police Judiciaire de França.

Os factos criminosos aconteceram na noite de 16 de novembro de 2015, na Serra de Santo António, em Mira D'Aire, no concelho de Porto de Mós, distrito de Leiria, na sequência de confrontos entre dois grupos que participavam numa transação de produto estupefaciente.

A vítima mortal foi atingida por dois disparos de arma de fogo que lhe provocaram lesões traumáticas em órgãos vitais na região torácico-abdominal.

Redação