A Polícia Judiciária do Porto anunciou esta quinta-feira a detenção, em Ovar, de dois indivíduos, ambos desempregados, suspeitos da autoria de mais de uma dezena de assaltos praticados nas últimas semanas em várias localidades a sul do rio Douro, noticia a Lusa.

Os dois detidos, segundo a PJ/Porto, terão sido os autores de vários assaltos a postos dos correios, farmácias, lojas de vestuário e postos de abastecimento de combustíveis realizados desde Dezembro em Gaia, Santa Maria da Feira e Oliveira de Azeméis.

«As vítimas eram normalmente ameaçadas com uma réplica de arma de fogo, do tipo pistola, e mais recentemente, com uma pistola de um compressor de ar, a qual, pela forma como era empunhada, criava a convicção de se tratar de uma arma de fogo verdadeira», refere a PJ/Porto, num comunicado enviado à Lusa.

Na operação que permitiu a detenção dos dois indivíduos, de 25 e 30 anos, foi também apreendido o automóvel, presumivelmente utilizado nos assaltos, além de documentos, cheques e uma quantia em dinheiro não especificada.

A pistola de projecção de ar comprimido alegadamente utilizada nos últimos assaltos também foi apreendida pela PJ/Porto.
Redação / CLC