A Polícia Judiciária deteve dois homens suspeitos do homicídio de um homem de 70 anos durante um assalto a uma pastelaria no passado mês de junho, na Cova da Piedade, em Almada, no distrito de Setúbal, foi hoje anunciado.

Segundo um comunicado da Polícia Judiciária (PJ) de Setúbal, os dois homens, de 19 e 23 anos, estão indiciados pelos crimes de homicídio qualificado, associação criminosa, roubo agravado, furto e dano, que terão sido praticados entre abril e junho deste ano.

De acordo com a PJ, os dois detidos integravam um grupo organizado que utilizava viaturas furtadas ou roubadas pelo método de `carjacking´, uma das quais terá sido posteriormente incendiada.

A PJ refere ainda que a investigação teve início na sequência do crime e que os dois homens foram detidos durante uma operação policial que contou com a colaboração de elementos do Comando Territorial de Setúbal e da Unidade de Intervenção da GNR.

Os detidos deverão ser hoje presentes a primeiro interrogatório judicial, para aplicação de eventuais de coação.

A 08 de junho, fonte da PSP disse à Lusa que o alerta para o assalto foi dado às 19:00 e contou que um "grupo de indivíduos" entrou no estabelecimento comercial com uma arma de fogo, exigindo o dinheiro da caixa registadora.

Como o proprietário resistiu, foi baleado”, acrescentou.

Segundo a mesma fonte, o homem foi transportado para o hospital Garcia de Orta, em Almada, mas não resistiu aos ferimentos e acabou por morrer.