A Polícia Judiciária (PJ) deteve, na quinta-feira, na ilha de São Miguel, nos Açores, dois homens suspeitos de dois crimes de homicídio, um deles na forma tentada, foi hoje anunciado.

Segundo a PJ, "os factos ocorreram na sequência de um furto, cometido poucas horas antes, numa residência de férias das vítimas”, que eram pai e filho, na freguesia da Lomba da Maia, concelho da Ribeira Grande, na ilha de São Miguel.

O Departamento de Investigação Criminal dos Açores da PJ explica ter recebido "uma comunicação, no início da madrugada de ontem", quinta-feira, "dando conta de factos ocorridos na freguesia de Lomba da Maia" e "suscetíveis de configurar a prática de dois crimes de homicídio, um deles na forma tentada".

A PJ conseguiu depois recolher "relevantes elementos probatórios” e identificar “os presumíveis autores dos factos, que foram localizados e detidos nesse mesmo dia, tendo sido ainda possível apreender as espingardas caçadeiras" usadas nos crimes.

A vitima mortal é "um homem de 53 anos", que "foi encontrado na via pública, apresentando ferimentos indiciadores de ter sido atingido com disparo de espingarda caçadeira", de acordo com a PJ.

O filho da vítima mortal, um jovem com 18 anos, foi "igualmente atingido por disparo de arma da mesma tipologia" e "transportado para unidade hospitalar", acrescenta a PJ.

Os arguidos têm 42 e 19 anos e, segundo adiantou à agência Lusa o coordenador da PJ nos Açores, Renato Furtado, também "são pai e filho".

. / JGR