O cadáver de uma criança, de dois anos, e do pai, foram encontrados durante a tarde deste domingo, na região de Santa Margarida, em Grândola. O alerta para os dois corpos foi dado por parte de um caçador. Segundo a TVI conseguiu apurar, os corpos estavam dentro de um veículo ligeiro numa zona de mato.

De acordo com informação avançada pela GNR de Grândola à TVI24, a criança tinha sido dada como desaparecida pela mãe desde segunda-feira, dia 1 de novembro. A mesma fonte adiantou que o homem mantinha uma "relação conturbada" com a mãe da criança, tendo na semana passada ido buscar o filho, ficando-o de o entregar no início desta semana, o que não aconteceu.

As patrulhas da Guarda, assim como da Proteção Civil, já tinham efetuado buscas no sentido de encontrar a criança, mas sem efeito.

A Polícia Judiciária também foi chamada ao local e está agora a investigar aquele que acredita tratar-se de um caso de homicídio seguido de suicídio. 

As autoridades avançaram ainda à TVI24 que o pai da criança tinha nacionalidade alemã, assim como o menino, que também tinha nacionalidade inglesa, tal como a mãe.