A Polícia Judiciária (PJ), através da Unidade Nacional de Combate ao Cibercrime e à Criminalidade Tecnológica, lançou um alerta para um esquema de phishing que usa o nome da própria polícia. Em comunicado enviado às redações, a PJ informa que, esta quinta-feira, recebeu pedidos de informação de vários cidadãos, que permitiram deterar "uma campanha de phishing traduzida na tentativa de obtenção ilícita de dados dos destinatários de mails enviados massivamente em nome da Polícia Judiciária".

O conteúdo da referida campanha versa sobre uma alegada necessidade de comparência do destinatário na Polícia Judiciária. Alertam-se os destinatários, para o facto dos mails suspeitos apresentarem falsamente o domínio da Polícia Judiciária (xxxxxx@policiajudiciaria.pt), o qual não corresponde ao legítimo domínio de correio eletrónico desta Polícia Judiciária."

A PJ alerta ainda que quem receber os referidos emails, não deve, "em momento algum, abrir ou seguir os links" que deles constam.

No mesmo comunicado, a PJ adianta que já está investigar os factos.

 
Manuela Micael