A ministra da Saúde, Ana Jorge, remeteu este sábado esclarecimentos sobre a alegada realização de cirurgias estéticas no Hospital de S. João, Porto, para quando estiver concluído um relatório da Inspecção Geral das Actividades de Saúde (IGAS), refere a Lusa.

De acordo com o semanário Sol, a Inspecção de Saúde descobriu que estavam a ser feitas cirurgias estéticas, sobretudo reduções e aumentos mamários, a funcionárias daquele hospital.

«Se a Inspecção [Geral das Actividades de Saúde] está a analisar, vamos aguardar o relatório e veremos o que há a fazer a seguir», afirmou Ana Jorge, admitindo só agora ter tido conhecimento da situação.

De acordo com o semanário, algumas destas mulheres estavam mesmo inscritas na lista de espera do serviço como doentes, enquanto outras eram chamadas para a cirurgia quando faltava um doente para outra operação qualquer.

A IGAS terá detectado a situação quando realizava uma auditoria de gestão ao hospital e, de acordo com o Sol, já abriu um processo de inquérito.

A ministra da Saúde esteve hoje no Algarve para presidir, em conjunto com o primeiro-ministro, José Sócrates, à cerimónia de lançamento do concurso público para a construção do novo Hospital Central do Algarve, entre Faro e Loulé.
Redação / CR