registaram-se 4.500 pedidos no âmbito da campanha «Sim é possível uma vida melhor»











as famílias que «vieram das Beiras e Alentejo» e que moram há vários anos em «partes de casas e anexos» que se vão degradando com o passar do tempo «não têm direito a realojamento».