Um homem suspeito de violação ficou em prisão preventiva depois de ter sido detido no sábado, na zona de Lisboa, para onde terá fugido depois do alegado crime, informou esta segunda-feira a Policia Judiciária (PJ).

Em comunicado, a PJ adiantou que o ato terá acontecido no concelho de Albufeira, na passada terça-feira, e que na sequência da investigação, “foi possível apurar que a vítima, uma cidadã polaca de 18 anos de idade, fora coagida, mediante o uso de força física, a suportar práticas sexuais contra a sua vontade”.

O suspeito, de 44 anos, terá fugido para a zona de Lisboa “onde foi localizado e detido fora de flagrante delito, no passado sábado, sendo-lhe imputada a prática do crime de violação”, lê-se na nota.

Segundo adiantou fonte da PJ à Lusa, o detido, desempregado e com antecedentes criminais por crimes violentos, “é de nacionalidade portuguesa e residente no Algarve”.

Depois de presente, no sábado passado, a primeiro interrogatório judicial no Tribunal Judicial de Albufeira, foi-lhe aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

/ SL