As buscas para encontrar o praticante de trail polaco desaparecido desde quarta-feira na serra da Madeira, na zona oeste, foram retomadas esta sexta-feira, informou o Serviço Regional de Proteção Civil.

A nota menciona que a operação recomeçou pelas 08:00 e que “estão envolvidos nas buscas 24 operacionais e oito viaturas dos Bombeiros Voluntários da Calheta, do Corpo de Polícia Florestal, do Serviço Regional de Proteção Civil e da Polícia de Segurança Pública, esta última com dois binómios cinotécnicos e dois drones”.

A SRPC refere que “o apoio psicológico foi disponibilizado aos familiares que se encontram na região”.

O comandante adjunto dos bombeiros da Calheta disse à agência Lusa que o homem, que se encontra de férias na Madeira, estava a fazer um percurso entre o Porto Moniz e a Calheta.

Penso que estaria a praticar para a prova MIUT [Madeira Island Ultra Trail], porque o percurso que nos informou um familiar será esse, mas não sabemos, o que sabemos é que saiu para praticar desporto”, explicou Lino Sá.

Na quinta-feira, o responsável declarou que as buscas iriam continuar durante a noite: “Enquanto tivermos os meios e condições vamos seguir com os trabalhos que temos vindo a desenvolver. Continuamos com esperança e afinco e as equipas vão manter-se no terreno”, destacou.

Um comunicado emitido na quinta-feira pelo SRPC indicava que às 08:17 foi dado o alerta de que um homem de nacionalidade polaca teria saído do Porto Moniz ao final da tarde de quarta-feira para um treino de trail, sem que tivesse ainda regressado ao hotel.

Ao longo do dia as buscas contaram ainda com a participação do helicóptero Multi-mission do plano de combate aos incêndios florestais.

Agência Lusa / CE