“Os abusos foram cometidos regularmente desde há cerca de cinco meses, no concelho de Ponta Delgada, quase todos em espaço escolar, local onde o suspeito exercia as funções de auxiliar de educação”