Um homem de 50 anos foi detido por fortes indícios da prática de cerca de uma centena de crimes de abuso sexual de crianças, agravados, na área Metropolitana de Lisboa, informou esta sexta-feira a Polícia Judiciária (PJ).

Em comunicado, a PJ disse que os factos, ocorridos entre 2018 e 2021 na Área Metropolitana de Lisboa, foram praticados em contexto de coabitação, contra uma neta, atualmente com 9 anos.

O agressor aproveitou o facto de a neta se encontrar confiada aos seus cuidados, por motivos profissionais do pai da menor, para cometer, repetidamente, os atos ilícitos”, refere a PJ.

A Polícia Judiciária adianta que a “denúncia teve origem no seio familiar, onde se tornaram conhecidas tentativas de práticas similares contra outra jovem”.

O detido, que se encontra desempregado e possui antecedentes criminas por tráfico de estupefacientes e crimes contra a propriedade, foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva, a mais gravosa.

/ HCL