Uma mulher foi detida, esta segunda-feira, no Cacém, após ter esfaqueado o cunhado 12 vezes na zona abdominal durante uma “altercação familiar”, de acordo com um comunicado da Polícia Judiciária. 

Segundo as autoridades, o crime “de extrema violência” ocorreu no dia 11 de setembro, numa residência partilhada pela suspeita, o seu companheiro e a vítima. 

O crime, de extrema violência, ocorreu na sequência de uma altercação familiar, tendo a arguida agora detida feito uso de uma arma branca para atingir, mortalmente, a vítima, desferindo-lhe doze facadas, v.g., na região torácica-abdominal”, pode ler-se no comunicado.

No decorrer da inspeção judiciária levada a cabo, foi localizada e apreendida aquela que se pensa ser a arma branca utilizada na prática de homicídio.

A mulher será presente no Tribunal de Instrução Criminal de Sintra, para realização do primeiro interrogatório judicial, para lhe serem aplicadas as medidas de coação julgadas adequadas.