Os crimes de pornografia infantil aumentaram 138% no ano passado.

Os dados da Polícia Judiciária, a que a TVI teve acesso, revelam que, em 2020, foram registados mais de dois mil casos, enquanto em 2019 foram 888.

No geral, os inquéritos de abuso sexual de menores aumentaram 25% durante o confinamento, mas sobretudo devido ao crescimento da pornografia infantil.

Nos casos investigados no ano passado, há situações de pessoas que abusaram de uma criança próxima, tiraram-lhe fotografias e partilharam-nas na internet.

Há também casos de pessoas que aliciaram crianças pelas redes sociais e praticaram abusos sexuais.

Cláudia Lima da Costa