A Polícia Judiciária (PJ) deteve em Lisboa um cidadão estrangeiro suspeito de tentativa de homicídio e violação, no cumprimento de um mandado de detenção internacional emitido pelas autoridades judiciárias do Reino do Camboja.

Em comunicado esta quinta-feira divulgado, a PJ diz que o homem, de 60 anos, já foi presente ao Tribunal da Relação de Lisboa e ficou em prisão preventiva a aguardar o desenrolar do processo de extradição.

Segundo a PJ, o homem é suspeito dos crimes de homicídio premeditado e de violação, ambos na forma tentada.

Os factos ocorreram em junho de 2010, tendo o visado viajado de imediato para a Europa, onde logrou obter outra nacionalidade", explica a PJ, acrescentando que através de um "minucioso cruzamento de diversas fontes de informação criminais e outras" foi possível localizar o cidadão em Portugal e detê-lo.

Os crimes, no Estado que emitiu o mandado de detenção internacional, são puníveis com penas de prisão até 20 anos.

/ CE