Um homem de 41 anos foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) por ser suspeito de abusar sexualmente e violar a enteada, na casa da família em Gondomar, distrito do Porto, divulgou este sábado aquela força policial.

Em comunicado, a PJ esclarece que a vítima apresentou uma denúncia revelando que, quando tinha 16 anos, o detido “abusou sexualmente” dela e que, “recentemente, o mesmo homem forçou-a a novo relacionamento sexual”.

A PJ acrescenta que o homem foi detido na sexta-feira, “no cumprimento de mandados de detenção, pela presumível autoria dos crimes de abuso sexual de menor dependente e de violação”.

Na sequência de denúncia por parte da vítima, enteada do agressor, a PJ tomou conhecimento que o suspeito, quando aquela tinha 16 anos, abusou sexualmente da mesma”, descreve a polícia.

De acordo com a PJ, as duas situações aconteceram “na casa da família, na cidade de Gondomar”.

O detido, mecânico, foi presente à autoridade judiciária, tendo ficado sujeito a “apresentações periódicas e proibição de contactos e aproximação da vítima”, acrescenta aquela polícia.