A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção três suspeitos do roubo de mais de 150 mil euros e de joias, a uma idosa, de 93 anos, em junho deste ano, na zona da Foz, no Porto.

Os suspeitos, dois homens e uma mulher, com idades entre os 23 e os 29 anos, cerca das 12:00 de 01 de junho do corrente ano, na zona da Foz – Porto, acederam à residência de pessoa particularmente indefesa, com 93 anos, que colocaram na impossibilidade de resistir, e subtraíram quantia superior a 150 mil euros e, bem assim, diversas joias de valor não concretamente determinado”, refere a PJ, em comunicado.

No decurso das diligências de investigação desenvolvidas, os inspetores da PJ conseguiram identificar os autores, indiciados pelos crimes de roubo agravado e de ofensas à integridade física qualificada, e recuperar parte do montante roubado.

Os detidos, um deles tatuador e dois outros sem atividade profissional, residem na área urbana do Porto, Vila Nova de Gaia e Gondomar, e possuem antecedentes policiais por crimes contra o património e por tráfico de estupefacientes”, revela a PJ.

Presentes a primeiro interrogatório judicial, aos arguidos foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

/ BC