Um homem de 42 anos foi detido, pela Polícia Judiciária da Guarda, por ser suspeito dos crimes de violência doméstica e incêndio urbano ocorridos, respetivamente, em 24 e 25 de junho, na localidade de Atalaia do Campo, no concelho do Fundão.

Em comunicado, aquela força policial acrescenta que o suspeito, "após diversas agressões contra a integridade física da sua companheira e também dos filhos desta, que, entretanto, intervieram em seu socorro, o detido acabou por os expulsar todos da residência do casal, trancando-se no interior da mesma, onde, já ao início do dia 25 de junho, terá acabado por atear fogo numa das dependências da mesma".

Os factos aconteceram "na sequência de mais uma de muitas discussões ocorridas entre o casal, nomeadamente, ao longo dos últimos quatro anos".

Presente a tribunal, o detido, trabalhador rural, ficou em prisão preventiva.

Andreia Miranda