Um homem foi detido pela prática de cerca de 600 crimes de abuso sexual de crianças, todos na forma agravada, avançou a Polícia Judiciária em comunicado enviado esta quarta-feira. Todos os crimes terão sido cometidos na Área Metropolitana de Lisboa.

O suspeito, de 56 anos, foi denunciado às autoridades por uma das vítimas, "anos após os abusos terem ocorrido".

A Polícia Judiciária veio a apurar seguramente a existência de outras vítimas", refere o comunicado.

As autoridades acreditam que o suspeito praticava este tipo de crimes desde 1994, continuando a atividade até à presente data.

As vítimas têm entre os 4 e os 14 anos e frequentavam a residência do homem, uma vez que tinham relações de parentesco, por afinidade. O suspeito ameaçava as vítimas para que estas não revelassem os atos.

A investigação continua, prevendo-se que venham a ser identificadas outras vítimas", acrescenta a nota.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

António Guimarães