Um homem, de 59 anos, foi detido por "fortes indícios" de ter matado uma idosa na noite de sábado, em Faro.

A octogenária era avó da companheira do suspeito e foi assassinada na casa onde os três residiam, explica a Polícia Judiciária, em comunicado divulgado neste domingo.

Os factos em investigação verificaram-se na noite de 7 de novembro, no interior da habitação onde todos residiam, tendo o suspeito utilizado um objeto pontiagudo para concretizar a morte", adianta, ainda, a PJ.

O detido, desempregado e com antecedentes criminais, vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação.

Redação / CM