Um jovem de 19 anos foi detido por ser suspeito de ter ateado quatro incêndios florestais, entre sábado e quarta-feira, na zona de Vila Flor, no distrito de Bragança, informou hoje a Polícia Judiciária (PJ).

De acordo com a PJ, os incêndios em causa ocorreram entre 22 e 26 agosto, concretamente no sábado, segunda, terça e quarta-feira, todos na zona de Roios, concelho de Vila Flor.

As chamas atingiram três áreas florestais e uma agrícola, como revela a PJ em comunicado, e consumiram “mancha florestal, constituída, maioritariamente por mato, sobreiros e pinheiros, bem como área agrícola”.

A PJ conclui que “os incêndios colocaram em perigo uma vasta mancha florestal e agrícola, de valor consideravelmente elevado, que apenas não foram consumidas devido à rápida deteção e intervenção dos bombeiros”.

A Polícia Judiciária esclareceu ainda que o suspeito, de 19 anos, não tem ocupação laboral e vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

A identificação e detenção do suspeito resultou de uma ação conjunta o Departamento de Investigação Criminal de Vila Real da PJ, a GNR de Vila Flor e o Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Mirandela da GNR.

/ AM