Um homem, de 30 anos, foi detido esta manhã pela Polícia Judiciária depois de ter sequestrado e tentado violar e matar uma mulher em Barcelos.

O detido é suspeito dos "crimes de homicídio qualificado e violação na forma tentada, sequestro, coação agravada, ofensa à integridade física qualificada e dano", indicou a PJ, em comunicado.

Os crimes ocorreram na tarde de domingo, numa freguesia do concelho, com a vítima, uma mulher de 46 anos, a escapar por "mero acaso", depois de conseguir fugir da casa onde foi retida contra a sua vontade e ainda de escapar às tentativas de agressão e disparo de arma por parte do agressor, já na via pública.

O presumível autor atraiu a vítima para a sua residência, e munindo-se de uma arma de fogo, sequestrou-a, no intuito de posteriormente praticar com ela atos de natureza sexual. Como a vítima conseguiu, entretanto, fugir para o exterior da casa, o detido perseguiu-a, e já na via pública, desferiu-lhe várias coronhadas na cabeça, e tentou efetuar, por várias vezes, disparos na direção da vítima. Só por mero acaso não conseguiu consumar os seus intentos", descreveu a Polícia Judiciária.

Quando se encontrava na rua, o agressor "ameaçou ainda, com a arma de fogo, populares que tentaram por fim aos seus atos".

A vítima teve de receber tratamento hospitalar "devido aos golpes que lhe foram infligidos".

O detido vai agora ser presente às autoridades judiciárias competentes no Tribunal de Guimarães, para primeiro interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação.

Catarina Machado