A Polícia Judiciária (PJ) realizou durante a manhã desta terça-feira dezenas de detenções numa megaoperação de combate ao tráfico de armas no norte do país, que denominou "Operação Ibéria" e realizada no âmbito de um inquérito tutelado pelo Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) do Porto. 

A TVI sabe que o epicentro do esquema está na zona de Vila Real - e há mais de 300 inspetores da PJ envolvidos nas buscas e detenções de suspeitos, nomeadamente armeiros, ligados ao mercado ilegal da transformação e venda de armas de fogo sem documentos, muitas das quais acabam por ser utilizadas em crimes violentos como roubo e homicídios.

De acordo com o que a TVI apurou, as buscas da PJ visaram a PSP de Chaves, Montalegre, Vila Real, Mirandela, Guimarães, Tarouca e Viana do Castelo. Há dezenas de armas apreendidas, entre elas G3 e armas de fogo.

Nas buscas domiciliárias e não domiciliárias, a Polícia Judiciária e conta com a colaboração da Guarda Nacional Republicana (GNR) e da Policia de Segurança Pública (PSP).

Em comunicado enviado às redações, a PJ promete a transmissão dos resultados da operação para altura oportuna. 

Henrique Machado / MM - Notícia atualizada às 13:00