Um homem de 51 anos foi esta sexta-feira detido na sequência de uma investigação da Polícia Judiciária pela autoria de crimes de violação e abuso sexual da filha menor no Porto.

Segundo fonte da Polícia Judiciária, o suspeito aproveitou a relação de parentesco com a vítima, tal como o facto de passar largos períodos de tempo com ela, para a violar e abusar sexualmente.

Os crimes ocorreram desde 2014 na cidade do Porto.

De acordo com uma nota enviada à redação da TVI, o suspeito é operário da construção civil desempregado e não tem antecedentes criminais. O homem vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.