Um homem de 42 anos foi detido, no fim de semana, no Seixal, distrito de Setúbal, por violação e abuso sexual das duas enteadas menores de idade.

O padrasto é suspeito de violar uma adolescente de 15 anos e de abusar sexualmente de uma menina de nove.

Sobre o suspeito, indica a Polícia Judiciária em comunicado, recaem "fortes indícios da prática de um número ainda não concretamente apurado de crimes de violação e de abuso sexual de crianças, agravados, consumados nas pessoas das respetivas enteadas, uma adolescente de 15 anos de idade e uma criança de 9 anos".

O último crime cometido terá ocorrido na madrugada de domingo.

A investigação efetuada permitiu apurar que o presumível autor, aproveitando-se da relação de confiança, de proximidade e de dependência familiar que mantinha com as vítimas, abusou sexualmente da mais nova das suas enteadas e, na madrugada do passado domingo, forçou/coagiu a mais velha a diversas práticas sexuais, violando-a", esclarece a PJ.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo ficado em prisão preventiva.

Catarina Machado