“Os prejuízos resultantes de tal comportamento foram elevados e causaram grande alarme social na zona, só não tendo atingido outra manchas florestais dado a sua deteção e combate efetuado pelos bombeiros”, destaca aquela força policial.




“O detido, de 20 anos de idade, cantoneiro inativo, sem antecedentes policiais, vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas”, revela a PJ.