A PJ deteve um homem de 48 anos suspeito de tentar matar o proprietário de uma tasca, em Coimbra, depois de este lhe ter recusado vender bebidas alcoólicas, foi esta quinta-feira anunciado.

O suspeito foi detido na terça-feira e foi presente a primeiro interrogatório judicial, na quarta-feira, tendo-lhe sido aplicada prisão preventiva, afirmou fonte da Diretoria do Centro da PJ, referindo que o indivíduo não tem antecedentes criminais, mas está indiciado de homicídio qualificado na forma tentada.

Segundo a mesma fonte, o homem, desempregado, vive de apoios sociais e tem problemas de alcoolismo e toxicodependência, frequentando alguns estabelecimentos da cidade, nos quais pedia bebidas alcoólicas e comida.

A tasca associada ao caso era um sítio onde o arguido ia "esporadicamente", sendo que, naquele dia, ao ter pedido vinho, o proprietário, apercebendo-se que o homem estava embriagado, recusou dar-lhe quaisquer bebidas alcoólicas, contou fonte da PJ.

Ele insistiu e não se queria ir embora e, quando o ofendido tentou retirá-lo do estabelecimento, este desfere-lhe um golpe no abdómen em princípio com um ‘x-ato' que teria com ele", referiu.

A vítima acabou por ser transportada para o hospital, onde esteve internada um dia, acrescentou.

/ SS