A TVI tem imagens exclusivas do gang violento detido pela Polícia Judiciária, suspeito de dezenas de roubos violentos, entre os quais um assalto por carjacking na zona do Grande Porto.

O vídeo a que a TVI teve acesso permitiu às autoridades identificar os suspeitos e perceber que o grupo atuava em conjunto. 

Um dos suspeitos estava já detido por um roubo recente a uma pastelaria de Famalicão, os outros dois foram apanhados esta noite, durante uma operação da PJ do Porto.

Nas imagens do vídeo a que a TVI teve acesso é possível ver os três suspeitos dentro de um carro, visivelmente bem dispostos, a exibirem-se para a câmara do telemóvel.

Imagens essas que colocaram nas redes sociais e que permitiram a sua identificação.

Um dos elementos deste grupo, que nas imagens está sentado no banco de trás, já tinha sido detido numa operação das forças de segurança, por ser suspeito num roubo a uma pastelaria de Famalicão. Chama-se João Duarte Correia, tem 27 anos, é conhecido como "Rambo" e tem um historial de antecedentes criminais. Está detido preventivamente em Custóias, acusado de roubo, ameaça e falsificação de documentos.

Os outros dois suspeitos também já são conhecidos das autoridades e foram detidos esta noite.

Estes dois, que serão do Bairro do Cerco, estavam a ser vigiados e, apercebendo-se da presença das autoridades, iniciaram uma fuga de automóvel que só terminou na zona de Gaia após um despiste.

Um dos suspeitos terá disparado contra a polícia, acabou baleado e está em estado considerado grave no hospital Santos Silva, em Vila Nova de Gaia. Trata-se de Fernando Cabreira, que no vídeo está no lugar do condutor (imagem está invertida) e é quem filma o momento dentro do carro.

O outro suspeito, que está ao lado do condutor, ainda tentou fugir a pé, mas acabou detido.

 

Com as três detenções concretizadas, na noite de quinta-feira, pelas 22:30, a PJ acredita ter desmantelado o grupo que se dedicava a roubos violentos, especialmente na área do Grande Porto.

Como aconteceu na noite do passado dia 14, em que um grupo, alegamente este, espalhou o terror no Porto.

A TVI também teve acesso a imagens exclusivas de um assalto a uma bomba de gasolina em Vila Nova de Famalicão, no distrito de Braga, que terá sido levado a cabo por este gang.

Nos últimos tempos foram, aliás, vários e sucessivos os roubos a postos de combustível no Norte do país, que as autoridades acreditam poder estarem ligados a este grupo.

Em comunicado, a PJ informou que este grupo é suspeito de "ter cometido cerca de trinta crimes de roubo em estabelecimento, de viatura, posto de abastecimento de combustíveis e ainda de incêndio, dano e homicídio na forma tentada". 

Na mesma nota, as autoridades revelam que "apenas numa noite (14/15 novembro) o grupo cometeu catorze crimes usando armas de fogo com as quais dispararam indiscriminadamente contra as vítimas."